Esclarecendo a Cloud para PMEs

Se você é proprietário de uma pequena ou média empresa, possui orçamento limitado e uma equipe reduzida de TI, provavelmente a sua capacidade de criar e gerenciar uma infraestrutura de TI que suporte o crescimento do seu negócio é bastante limitada. A computação na nuvem ou Cloud Computing, pode ajudá-lo a abordar este problema provendo acesso fácil a recursos e serviços de TI baseados na web a custo razoável. E você ganha escalabilidade destes recursos, para cima ou para baixo, de acordo com sua demanda. Simplificando: a Cloud, pode eliminar a urgência de obter e manter um software de aplicativo ou uma infraestrutura de TI. Ao invés disso, você pode comprar o acesso para esses recursos baseados na web e pagar através de uma assinatura.

Definindo o termo Cloud

Antes de embarcar numa estratégia “Cloud”, é preciso entender o que significa “Cloud” e quais são os seus prós e contras. A computação na nuvem é definido como uma coleção de recursos computacionais, que inclui servidores virtuais, capacidade de processamento e armazenamento, capacidade de rede e aplicativos que são entregues pela internet como um serviço.

Há três modelos básicos de prestação de serviços com suporte Cloud:

O Software como Serviço (Software-as-a-Service ou SaaS)

tem base web e é comprado de um provedor de serviços, disponível conforme a necessidade. O SaaS inclui tudo, do e-mail ao controle de inventário baseado em web, além de CRM, automação de marketing, serviços bancários, ferramentas de gerenciamento de projetos, ponto de venda de varejo e a solução WebEx para videoconferências.

Infraestrutura como Serviço (Infrastructure-as-a-Service ou IaaS)

é um hardware com base na web que é comprado como serviço conforme a necessidade. O IaaS oferece servidores, memória, CPUs, espaço em disco e equipamento de rede. Muitos provedores de IaaS oferecem modelos de design com grande disponibilidade e tempo de operação bastante seguro.

Plataforma como Serviço (Platform-as-a-Service ou PaaS)

permite a desenvolvedores de software criar novos aplicativos ou aperfeiçoar os existentes sem o custo de aquisição ou gerenciamento da infraestrutura subjacente. Favorecem os departamentos de TI que preferem personalizar as suas próprias soluções.

Aproveite as vantagens da Cloud

Atualmente, um dos benefícios da Cloud é que ela permite às PMEs competir com empresas maiores de maneira bem mais econômica.Ela provê basicamente os mesmos aplicativos e serviços de TI de que dispõem as outras. É acessível via desktops, laptops e dispositivos móveis. E é possível adquirir o quanto de acordo com sua necessidade para enfrentar os desafios de um negócio em pleno crescimento e transformação.

As grandes vantagens da Cloud são:

Custos reduzidos

Uma vez que você paga quando e o quanto consome, você pode reduzir seus custos operacionais e quase eliminar gastos de capital. Não há custos relacionados à infraestrutura de TI para soluções com base na nuvem.

Maior flexibilidade

Você pode reagir com agilidade às mudanças do mercado ou flutuações sazonais quando você modula seus serviços de acordo com a demanda do seu negócio.

Atualizações Automatizadas

O provedor de serviços Cloud é responsável por toda a infraestrutura – software e serviços. Isto significa não ter que se preocupar em manter-se em dia com as últimas ofertas de hardware ou versões de software.

Melhor desempenho e confiabilidade

O provedor de serviços Cloud é responsável por oferecer grande disponibilidade, continuidade de serviços, recuperação de desastres e serviços de cópia de segurança dos dados. Assim, você se beneficia de um desempenho confiável e de qualidade empresarial a preço acessível.

Maior Velocidade

Lidar com recursos computacionais físicos pode exigir meses de tempo dedicado a especificações, encomendas, instalação, configuração e integração. Mas, quando se trata de computação na nuvem, os recursos podem funcionar em questão de minutos e uma solução inteira pode ser configurada em algumas horas.

Contudo, a Cloud não é uma panaceia. Certos inconvenientes devem ser considerados antes de mudar o seu negócio para este modelo. Por exemplo: se o seu provedor de serviços fica responsável por todos os serviços e dados armazenados na nuvem, a integridade e a segurança dos dados podem se tornar uma preocupação, principalmente se você está inserido em um setor sujeito a muitos regulamentos. A localização física do hardware e do software em geral é desconhecida, dificultando auditorias e inspeções.

Uma vez que seu pessoal irá acessar a Cloud via internet, qualquer perda de conexão poderá afetar o seu fluxo de trabalho. E a performance dos aplicativos poderá sofrer quando houver problemas de latência da rede.

E a personalização do software pode ser um desafio uma vez que o provedor do serviço é o proprietário do aplicativo utilizado no seu negócio. E as ferramentas baseadas na nuvem podem não ser tão poderosas quanto os aplicativos do software. No Google Docs, por exemplo, faltam alguns recursos presentes no Microsoft Office.

Se mudando para a Cloud

Escolher a migração para o modelo Cloud é uma grande decisão em termos de negócio. Requer uma análise cuidadosa de seus objetivos, suas necessidades de TI e das suas prioridades de curto e longo prazo. Também significa determinar que tipo de acordo de nível de serviços (SLAs) será melhor para o seu negócio, assim como a conformidade com regulamentos e a demanda de segurança.

Para aquelas PMEs que depois da análise chegaram à conclusão que querem mudar, o próximo passo será determinar o que, quando e como mudar. Não deixe de investir quando se trata de avaliar as opções disponíveis e os prestadores de serviços mais adequados às suas necessidades.

Para aconselhamento e orientação sobre serviços Cloud e estratégias de implementação, por favor entre em contato.

Para saber mais sobre os benefícios das soluções Cloud para PMEs, leia o nosso artigo em OSF white paper ou entre em contato para falar com um de nossos especialistas.

MAIS INFORMATIVOS SOBRE O ASSUNTO

Boas Práticas para desenvolvimento na nuvem e aplicativos de suporte

A competição globalizada e a grande demanda por ofertas se torna uma dificuldade para as empresas na hora de definir uma solução de trabalho que atenda à sua clientela preferencial. As soluções na nuvem surgiram como um recurso para enfrentar esta limitação. Mas, para prosperar através delas, é preciso trabalhar com aplicativos de software incorporando as boas práticas desde o início da fase de desenvolvimento.

BAIXAR O INFORMATIVO
Questões Quanto ao Investimento Local ou Em Nuvem

Serviços com base em nuvem vêm se tornando cada vez mais atraentes para PMEs que buscam a redução de custos e estão centradas quase que exclusivamente no crescimento do seu negócio. Mas, definir o melhor plano de ação para qualquer organização requer um debate sobre as vantagens e desvantagens tanto das soluções em nuvem quanto das locais, tendo sempre em mente os requisitos adequados ao negócio.

BAIXAR O INFORMATIVO